6 temas de redação que você pode usar o filme PARASITA

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

O filme “Parasita”, do diretor Bong Joon Ho, pode ser usado em diversos temas de redação.

O premiado filme de 2020, narra a circularidade de dois mundos (os pobres e os ricos), representados, respectivamente, pelas famílias Kim e Park. Os membros da família Kim não possuem acesso à internet, mora abaixo do asfalto e trabalham com serviço repetitivo e mal remunerado. Já os membros da família Park podem ter uma vida tranquila devido ao sucesso empresarial do Sr. Park- vivem em um casarão, podem se dedicar aos estudos e ao ócio.

Há uma possibilidade de ascensão social por parte dos membros da família Kim ao se introduzirem, pouco a pouco, na família Park, por meio da malandragem e de atitudes antiéticas. Esse convívio está permeado por diversos contrastes sociais, que vão desde o cheiro aos fenômenos da natureza.

Como usar o filme PARASITA na redação? Ele pode se usado para debater 6 temas de redação:

1. Discutir as desigualdades econômicas e culturais;

2. Discutir o acesso desigual à tecnologia, fazendo crítica à globalização;

3. Discutir como fenômenos da natureza são percebidos e sentidos de forma distinta pelas classes sociais;

4. Debater a apropriação cultural (o fetichismo da família Park pelo tema indígena);

5. Debater o preconceito de classe e as hierarquizações sociais; e

6. Debater a possibilidade de ascensão social no capitalismo.

Para aprofundar a análise do filme, deixo o link de uma “live” que refleti, detalhadamente, os elementos mais marcante sobre o filme: